Saudade não tem tempo!



Sou um jovem bem diferente do comum, pelo menos aos padrões do século XXI. Isso é o que as pessoas podem pensar, ao lerem esta postagem. Qual jovem se lembraria a data que sua avó ou alguém que amasse morreu? Parece meio incomum, mais nos dias atuais, onde se corre atrás de sonhos, objetivos, onde a vida passa em frações de segundos, há detalhes que são apenas detalhes. Outros dizem: "_Quem vive de passado é museu!". Realmente concordo que o museu é um acervo de coisas do passado e nem por isso deixa de ser emocionante, de trazer lembranças extraordinárias, e trás lágrimas a tantos olhares, fascínio poderíamos chamar. A palavra de Deus diz em Mateus 24, que nos últimos dias o amor se esfriaria de quase todos, temos evidenciado isso no dia-a-dia.
Mais não é sobre essas coisas que quero falar, sou um jovem que preza a família e o que ela significa pra mim. Hoje fazem extamente 7 anos, que minha vovó Santa foi encontrar-se com Jesus, saudades sempre existirá, digo isso constantemente, quando se ama a saudade passa a ser um sentimento normal. Não quero lembrar lógico, da forma repentina de como nossa Santinha foi embora, mais dos exemplos que deixou. Minha avó foi um exemplo de mulher de Deus,batalhadora, serva do Senhor, ministra do Evangelho enquanto esteve ao nosso lado. Literalmente, não precisava nem abrir a boca para refletir o que Deus significava em sua vida. Em 06 de maio de 2006, aos 80 anos de idade, vovó foi embora fazendo que cada um de nós aprendessemos a caminhar sem ela. Um extenso vazio preenchido pela certeza, de que ela foi verdadeiramente estar com Jesus. Quero deixar para os meus filhos um dia, a importância em valorizar a família, as pessoas, os amigos, os vizinhos, porque aí sim estamos fazendo a diferença e sendo luz na terra, ao invés de trevas.
Amor não se mede, não se entende, amor se recebe, se agradece.
Quero deixar aqui relatado a importância que minha avó teve em minha vida, um referencial, um porto seguro, expressão exata de amor.
"Saudades sim vovó, saudade não tem tempo..."
*02 de Novembro 1922/+06 de maio de 2006.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Luto: "Biel voltou para casa, voltou para o céu!"

Novo Logotipo da Igreja do Nazareno - entenda!

Vídeo em homenagem ao meu cunhado Roberto