Gravação do cd e dvd SOL DA JUSTIÇA - Diante do Trono 14 uma linda festa de louvor e adoração...


























Amados irmãos que acompanham nosso ministério com suas orações, participando de nossas convocações e adorando ao Senhor Jesus com nossas canções.
Escrevo para compartilhar do que temos vivido aqui em Natal, Rio Grande do Norte, neste ano de 2011. Segundo a direção do nosso Senhor, há aproximadamente seis meses estamos trabalhando para que a gravação do DT14 aconteça nesta cidade. Natal se tornou para nós uma representante de todas as cidades litorâneas do País. Recebemos a missão de entronizarmos Jesus entre os louvores de Seu povo, em uma praia, proclamando que Ele é o Senhor dos mares e praias de nosso Brasil.
Foram muitas vitórias até aqui. Reuniões com autoridades da cidade e do Estado, com líderes religiosos, com empresários. Autorizações em diversos âmbitos da sociedade para que o evento acontecesse. Recursos financeiros foram providos pelas mãos do Senhor através de diversos meios. Depois de 13 anos realizando eventos assim, de grande porte, em locais públicos, enfrentamos tantas situações adversas que dariam verdadeiros livros repletos de aventuras! Posso afirmar sem medo, que desta vez também vivemos milagres após milagres.
Há três meses temos entrado na cidade de maneira intensa através de nossas orações e de estratégias espirituais que recebemos pela direção do Espírito Santo. Tivemos o café da manhã com os pastores da região, em que mais de 480 líderes das igrejas aqui se reuniram e “vestiram a camisa” do ajuntamento, na compreensão de que esse não é um evento simplesmente do Diante do Trono, mas uma conquista do Reino de Deus. O Seminário de Intercessão reuniu mais de 1.500 pessoas de diversas igrejas e muitas vidas foram restauradas naqueles dias, unindo-se ao nosso exército de intercessores de Belo Horizonte, gerando os propósitos de Deus em oração para o dia 16/7. Em uma chácara na cidade 40 intercessores, voluntariamente, tiraram férias, se deslocaram até aqui e passaram dia e noite em oração nesta última semana. Desde a 0 hora do sábado 16/7, 17 igrejas se revezaram em turnos de 1 hora em um salão da cidade, orando e adorando ao nosso Deus. Em todas estas oportunidades vimos frutos antes mesmo do CD e DVD serem gravados. Durante a semana, de 11 a 15/7, nos ensaios do grande coral de mais de 4 mil pessoas, muitas vidas foram salvas e reconciliadas com Cristo. Apenas uma delas já valeria todo o esforço e sacrifício, pois uma alma vale mais do que o mundo inteiro!
Desde o sábado dia 9/7 as estruturas de palco, som, iluminação, cenografia, gravação do áudio e do vídeo, têm sido montadas. Ou melhor, tentamos montar tudo. As muitas chuvas vinham atrasando nosso cronograma de produção, até que, na sexta-feira à noite uma decisão tinha que ser tomada. Foi muito difícil para nossa valente equipe e para mim, concluir que não conseguiríamos gravar no sábado. Não havia mais tempo hábil e estava bastante perigoso, pois água e equipamentos elétricos não combinam! O campo de futebol onde as estruturas de apoio atrás do palco seriam montadas estava alagado. Um palmo de água cobria o chão. O vento forte arrancava o cenário e até uma pesada caixa de som foi arrastada pelo vento. A cena era desoladora, com os montadores parados, encostados no muro, sem poderem trabalhar, pois o que se montava quando a chuva estiava, precisava ser rapidamente desmontado quando a água novamente começava a descer. Até o Randy, nosso engenheiro de gravação, vindo dos Estados Unidos, pegou um rodo e puxava água do palco. Todos tentando ao máximo fazer o seu melhor e mais um pouco. Debaixo do palco 20 irmãos oraram o dia todo naquela sexta-feira, sem pausa para almoço, enquanto a chuva, torrencial, era como uma cortina de tão grossa.
Diante desse dilema, uma coisa ficou muito clara e trazia paz ao meu coração. Deveríamos cumprir o propósito de entronizar Jesus nas praias do Brasil e honrar as caravanas e todos os que vinham para a santa convocação. Se a gravação acontecesse ou não, seria o menos importante. Aliás, apesar de crer no poderoso instrumento de evangelização, salvação e restauração de vidas que um CD e DVD são, eu sempre disse que a gravação em si era um pretexto. O propósito sempre foi o ajuntamento do povo de Deus numa estratégia de redenção da nação através de nossos clamores, arrependimento dos pecados e celebração do nosso Deus, que é entronizado entre os louvores de Seu povo. Faríamos o evento da melhor maneira que pudéssemos, montando no palco o que fosse possível e cumprindo a missão que recebemos.
Todos unânimes, decidimos não cancelar o evento. Um esforço enorme foi feito para que as estruturas de segurança fossem montadas a fim de receber a multidão que se reuniria ali no dia seguinte. Atrás do palco, areia foi jogada para ajudar a secar o chão, para que os camarins fossem montados ainda que de modo bem rudimentar. O palco, que até tombou um pouco devido ao terreno, estava sendo reforçado, amarrado, e até a escada que dava acesso a ele caiu, mas os bombeiros providenciaram um modo de fixá-la melhor. A chuva estiou bastante, permitindo a montagem dos equipamentos, ainda que muitas coisas que preparamos não puderam ser usadas. Os telões de LED que ficariam nas laterais do palco, ocuparam o lugar de um outro, muito mais pesado e de melhor definição, mas que não tivemos condições de utilizar. Ainda assim, dois homens estavam ao lado deste painel no palco, e se voltasse a chover forte eles teriam que desmontá-lo rapidamente.
Além destes ajustes para que o evento acontecesse, nossos planos de trocas de figurino, algumas danças especiais e muitos outros pequenos detalhes tiveram que ser cortados do evento, até mesmo por questões de segurança. Por exemplo, não daria para nem eu, nem nossos cantores e músicos, ficarmos descendo e subindo aquela perigosa escada algumas vezes durante a programação. Meu primo, André, dançaria “voando” em um tecido circense. Não era seguro. Ao invés de começarmos às 16h, peguei o microfone pouco antes das 19h. Fizemos uma breve, e insuficiente, passagem de som, testando os instrumentos, os retornos, os equipamentos. Pouco antes de eu assumir, os pastores da cidade oraram e foi inaugurado o Monumento à Bíblia, outro marco deste tempo maravilhoso que a Igreja do Senhor está vivendo nesta cidade. Mas, foi com rodos e panos de chão que o palco outra vez foi secado para que, minutos depois, eu pudesse começar a ministrar.
Toda a equipe DT estava com o coração unido, doando-se intensamente naquela ministração. Era maravilhoso ver o povo ali reunido, mais de 120 mil pessoas segundo o relatório da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. Reunir tanta gente assim, sob a ameaça de chuva, só pelas mãos de Deus! Os jornais já noticiaram na manhã de domingo que este foi o maior evento de todos os tempos na história do Rio Grande do Norte! Aleluia! Ao mesmo tempo em que eu me emocionava em poder oferecer a Deus um sacrifício vivo de adoração, que era a minha vida derramada ali em louvor, independente das circunstâncias, eu chorava por dentro. Ah, como eu gostaria de ter gravado na luz do dia, mostrando melhor aquela praia e as ondas que batiam nas pedras. Ah, como eu gostaria de ter todos os nossos planos realizados para nosso lindo DVD ali. Enquanto cantava “E eu serei oferta suave a Ti. E eu serei o louvor que Tu desejas”, uma compreensão mais profunda veio a mim. Deus poderia parar a chuva na montagem, assim como a parou durante o evento. Não posso compreender os Seus mistérios e caminhos, só posso me render à Sua soberana vontade. Mesmo quando não posso entender, eu posso adorar. E a minha vida, eu, era o que eu podia oferecer em adoração a Ele naquela hora. Eu, e não o CD ou o DVD eram, segundo tudo indicava, o louvor que Ele desejava receber.
Foi maravilhoso. Adoramos intensamente e vivemos momentos indescritíveis! Cada canção foi tão especial! Destaco aqui o Medley DT em que nos emocionamos revivendo e agradecendo a Deus pelos primeiros 13 anos deste Ministério. Foi muito emocionante cantar olhando nos olhos da Helena, do João, da Mariana, da Nívea e do André. Também ao cantar olhando nos olhos do Asaph, que com lágrimas ministrou que somos o fruto do penoso trabalho de Jesus naquela Cruz, eu me emocionei. Foi tudo tão lindo. Ao final, no apelo à salvação, foram tantas mãos erguidas que meu pai reforçou o chamado: que só levantassem as mãos as pessoas que se entregavam a Cristo pela primeira vez naquela noite ou que estavam se reconciliando com Ele. Ouvi de uma mulher no camarote da Prefeitura e do Governo do Estado, que, antes mesmo de terminar o evento, perguntou se ali havia algum crente, pois queria que orassem para que Jesus entrasse em sua vida. Voltamos para o hotel celebrando tantas vidas abençoadas e nossa própria história marcada por uma entrega em adoração, apesar de circunstâncias contrárias. Se o Senhor estava provando nossa fé, esperávamos ter sido aprovados, amando-O e honrando-O sempre.
Eu sabia que algumas câmeras estavam ligadas e gravando aquela noite. Para minha surpresa, depois do evento fui informada de um ato “heróico” de nossa equipe de produção. Eles ligaram 10 câmeras e conseguiram montar muitas luzes e gravaram pra valer! Eu antes pensava que usaríamos o conteúdo gravado em alguma parte de extras do DVD, mas agora recebo a notícia de que conseguimos gravar lindamente! É claro que não está tudo como planejamos, mas especialmente aquela multidão reunida, ficou registrada, para memorial a muitas gerações, do que aconteceu nessa noite inesquecível!
Deus nos abriu uma grande porta de escape para a produção do nosso DVD com a excelência que buscamos oferecer. Nesta segunda feira, 18/7, faremos uma outra gravação, com tudo o que preparamos, em um teatro da cidade. Ali a capacidade de público é pequena, com apenas 2.500 lugares disponíveis. Não haverá venda de ingressos, e junto aos pastores da cidade estamos distribuindo convites para membros do nosso grande coral que moram em Natal, e para alguns convidados que queremos honrar, como pastores e suas famílias, autoridades, e veículos de comunicação e mídia. Nossa expectativa é registrar outra vez estas canções, mas com toda a beleza nos detalhes, que sempre marcou nossas produções até aqui. E o melhor é saber que, por Sua graça, Deus pode nos permitido viver tudo isso para que também tivéssemos um DVD bastante inovador e diferenciado. Quem sabe teremos na edição, imagens das duas noites gravadas? Dois momentos maravilhosos em que a Sua glória encheu os céus de nossos corações!
Agora precisamos da compreensão de todos, pois em um prazo tão curto de tempo e em um lugar tão menor do que estamos acostumados, certamente haverá pessoas que gostaríamos de ter presentes e que não poderemos convidar. Estamos nos esforçando ao máximo para fazer algo lindo. Esperamos que as pessoas ali presentes possam representar os milhares e milhares de adoradores que gostariam de participar deste segundo momento. E que os que não poderão estar ali, se sintam bem representados por nossos irmãos e irmãs convidados. No final, teremos um DVD muito especial, e todos poderão levar para casa da unção e da glória que resultarão de tantas batalhas vencidas e lágrimas derramadas.
Continuamos contando com suas orações. Depois desta segunda-feira, 18/7, à noite, poderei compartilhar mais deste segundo tempo de gravação do DT14. Certamente outras vidas, preciosas para o Senhor, serão alcançadas. Se uma apenas for o motivo disso tudo, desta segunda noite de gravação, já terá valido à pena. Uma alma vale mais que o mundo inteiro…
Termino agradecendo à minha equipe guerreira e ao Senhor Jesus, que confiou a nós desafios tão grandes! Como nos disse o Comandante Coronel Renê: “Se fosse fácil todo mundo fazia. Como é difícil, nós vamos fazer”. A cada um dos meus companheiros de batalha, digo para esta segunda gravação: “Vá e vença!”. Ou nas Palavras que me renovaram as forças nesta manhã de tumultuadas emoções: “Tu, porém, sê sóbrio em todas as coisas, suporta as aflições, faze o trabalho de um evangelista, cumpre cabalmente o teu ministério”. (2 Timóteo 4.5.)
Na paz shalom,
Ana Paula Valadão Bessa
Ministério de Louvor Diante do Trono

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Luto: "Biel voltou para casa, voltou para o céu!"

Novo Logotipo da Igreja do Nazareno - entenda!

Vídeo em homenagem ao meu cunhado Roberto