A era do fone de ouvido...

Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele.
Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo.
E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre
1 João 2:15-17

Olá amigos leitores faz dias que venho procurando tempo para escrever sobre um assunto que parece bem comum ou insignicante, "a era do fonde de ouvido". Sabemos que o homem tem grande habilidade em criar, desenvolver projetos, planejar, edificar coisas ou monumentos que nos fazem custar a  acreditar que são reais. A tecnologia tem avançado extrondosamente nos últimos anos e a fonte de inspiração para os criadores sem dúvida é o gosto do consumidor. " O que poderíamos lançar no mercado que agradasse ao consumidor?" Talvez esse seja um dos milhares de questionamentos. Hoje temos tantas coisas MP3, MP4, MP....tralálá.....Célulares com fones de ouvido, acesso a internet, etc...e é por aqui que quero chegar, esta postagem poderia ser um campo só de citações de aparelhos que tem sido lançados para enlouquecer o povo, será que é tudo em prol das facilidades? Tenho minhas dúvidas.

Ao andar pelas ruas da cidade onde vivo tenho me deparado com uma multidão de jovens, rapazes, moças, adolescentes, também adultos, caminhando desesperadamente pelas ruas, semblantes fechados e fones nos ouvidos, realidade das metrópoles. É como se todos mutúamente dissessem: "Estou no meu mundo...", "...não me incomode...", "...calem a boca!", "está é a minha tribo...", "não quero ouvir nada..", "eu me basto..". Acho isso triste, a humanidade tem perdido as raízes do relacionamento de um com o outro, trocar duas palavras tem sido um fardo, a educação e a gentileza tem sido subistuídas pela frieza e indiferença, ninguém confia em ninguém a não ser que seja de sua tribo, do seu mundo. As pessoas tem amado a idéia da prosperidade, a idéia de ganhar e ganhar, de vencer, de ser auto suficientes e Deus já não existe neste contexto.

É preocupante tudo isso, pode parecer insignificante uma pessoa ouvindo música ou sei lá o que e não é errado pois eu mesmo escuto louvores em meu célular e foi ouvindo, olhando ao meu redor que esta postagem nasceu. Se alguém entrar num ônibus falando de Jesus nem todos ouvirão, se for um pedido de ajuda sincero (pois há muito mentirorsos) também não será ouvido, se for assalto muito menos, esses são só exemplos.

Queridos vamos voltar aos primeiros dias, vamos resgatar valores, cada um fazendo sua parte dando bom dia, boa tarde, boa noite, como vai? e assim por diante. É tempo de quebrar a frieza humana com amor e respeito, se você é cristão esforce-se em ser gente de verdade e se não é seja gente de verdade da mesma forma.

Desejo que Deus abençoe a cada um dos que lêem, a bençoe minha vida e que venhamos a agir como Jesus age, pensar como ele pensa e que façamos a diferença nesta terra.

Por: Diego Pinto.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Luto: "Biel voltou para casa, voltou para o céu!"

Testemunho de cura: MATHEUS PIVATO - 4 ANOS - O SUPERMAN!

Vídeo em homenagem ao meu cunhado Roberto