Líder do Ministério de Teatro Aliança relembra o ano de 2011 e fala pela primeira vez dos membros que deixaram o ministério.



Relembrar o ano de 2011 para mim é algo muito importante, todos os anos ao começarmos os nossos trabalhos sinto que um ciclo se fechou e estamos começando de novo, aí são novas experiências e uma ansiedade muito grande quanto ao que vai acontecer. Iniciamos os nosso trabalhos organizando a casa, foi entregue ao pastor Isaque o balanço de todos os anos de apresentações, ou seja, os testemunhos em forma resumida do Ministério de teatro Aliança. Ao lado da vice-diretora Nilda Brandão definimos a nossa agenda para este ano e estabelecemos nosso projeto, fico feliz e triste porque alguns deles não puderam ter sido concluídos este ano como gostaríamos, mais como sempre creio que Deus está na direção de todas as coisas, Ele não está apenas nas entrelinhas, Ele é a mensagem que queremos levar.

Começamos com a peça CASSI E ROSE uma versão feminina do clássico do MTA, CRISTÃO E ESPERANÇA, a primeira mensagem abordada foi Louvor e Adoração, a interpretação ficou por conta de Tatiane Martina e Nilda Brandão. Em seguida houve a reapresentação da peça CRENTES em homenagem ao aniversário do pastor Isaque, esta comédia é uma das melhores criações do grupo nos últimos anos e contou com a participação especial de Isaraul Alexandre. Seguimos com CRISTÃO E FÉ, interpretada por Israul e Diego, uma mensagem de fortalecimento da fé; depois UM AMOR MAIOR a história de sabedoria do rei Salomão trazida para os dias de hoje; Ato Profético DESPERTA IGREJA em homenagem aos 10 anos da Igreja do Nazareno Rosolem, como um forte exército em parceria com o Ministério Palavra e Propósito, marchamos e profetizamos o despertar nas vidas de cada irmão; TRANSFORMADOS PELA CRUZ uma encenação marcante que abordou, prostituição, drogas, vidência e lançou novos atores no grupo, o tema da encenação foi o mesmo do IV Congresso de Jovens 2011. No Arena Jovem o MTA marcou presença com peça O LIXO e a encenação CHEGAS DE DROGAS, mais uma vez outra mensagem de libertação e assim foram concluídas as apresentações do ano.

A intensidade dos estudo, conciliar trabalho e vida ministerial não foi fácil, porém, tenho a convicção que cada apresentação nossa foi profunda e de todo o coração. No próximo ano quero poder preparar pessoas a conduzirem o MTA, para quando eu não puder estar presente os trabalhos não pararem, pois ainda temos essa deficiência e nossa necessidade é apenas de Deus, é Ele quem conduz tudo.

Apenas duas apresentações colocadas no papel não foram apresentadas esse ano, glorifico a Deus porque 90% do que planejamos foi concluído por sua graça e misericórdia, investimos em roupas, maquiagem e isso fez toda a diferença.

Passamos momentos difíceis com a saída de alguns membros, ficamos sem Bruna Marques, Slayer Vicenti, Tatiane Martina, Eduardo da Silva, Akila de Lima, David, Israul Alexandre e Leonardo Gregório. Cada um deles tem uma história para contar, foram pessoas importantes na história do MTA e também na minha vida. Bruna e Lelo foram uma benção e não tem como esquecer os momentos maravilhosos que vivemos, um casal que enriqueceu nosso ministério, dos lábios da Bruna saiu quase que uma profecia para o MTA em 2011, ela disse que Deus iria fazer muito mais do que estava planejado, peças que nem estavam no papel e assim se fez. Taty e Du foram alicerces importantes, ela desde de 2007, a saída deles deixou uma lacuna terrível no ministério, mais acredito que sendo adultos sabem o que fazem e os planos do Senhor são maiores do que podemos entender, o Senhor os levaram para outras fronteiras. Akila trilhou uma linda história e deixou muitas saudades, seu esposo David desde do começo disse que estava ali prestando uma ajuda, eles foram muito importantes. Israul saiu de uma forma meio sem explicação, mais o seu talento é inquestionável e o nosso Léosinho era quase nosso mascote, o amávamos demais...nunca vi um pré-adolescente tão dedicado, seus amigos continuam.

Olhando assim é uma sensação terrível, ver tantas pessoas maravilhosas saírem, eu me cobrava, chorava e pensava que o problema poderia ser eu. Mais Deus, me encheu de muitas paz e me fez entender que cada um tem uma história, cada um traça os seus caminhos, alguns ainda não descobriram nem o que quer da vida. Outros sabem o que quer e os seus sonhos não correspondem aos nossos...outra confirmação é em relação ao projeto que temos para 2012...desde o começo Deus me disse que não seriam muitas pessoas que entrariam nesse desafio, então um a um que foi saindo fui entendendo que era a permissão do Pai, a Aliança não estava quebrada, nós é quem quebramos a nossa aliança com Deus e não Deus com a gente...ou então levamos a aliança para outro lugar, como no caso de alguns que foram para outras igrejas entendendo que esse era o seu tempo, como sempre digo, saudades de todos e de tudo que ainda tinha para acontecer.

Em 2012....5 anos de MTA....estão abertas vagas para novos atores(as)....vem aí novos projetos, novos desafios...novas histórias...novas peças.....a busca por mais de Deus, por salvação, por levar o evangelho através da arte!

Por: Diego Pinto

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Luto: "Biel voltou para casa, voltou para o céu!"

Novo Logotipo da Igreja do Nazareno - entenda!

Vídeo em homenagem ao meu cunhado Roberto