Avivamento de Santidade - parte 4 - INGLATERRA


NOSSA SÉRIE ESPECIAL ESTÁ DE VOLTA. 

A SÉRIE AVIVAMENTO DE SANTIDADE FOI CRIADA PARA VIAJARMOS NO TEMPO E CONHECER A HISTÓRIA DA IGREJA DO NAZARENO PELO MUNDO. ATÉ CHEGARMOS AO PONTO CHAVE ONDE A DENOMINAÇÃO SE FORMOU, É PRECISO CONHECER A VISÃO DESDE O COMEÇO. O LEMA DA IGREJA DO NAZARENO É: SANTIDADE AO SENHOR. MUITOS PODEM PERGUNTAR: O QUE ISSO QUE DIZER? NOSSA SÉRIE ENTRA NA 4ª PARTE, CONTANDO COMO FOI O  AVIVAMENTO DE SANTIDADE NA INGLATERRA, AS MATÉRIAS ANTERIORES PODEM SER VISTAS AQUI MESMO NA NOSSA PÁGINA. HOMENS E MULHERES DE DEUS FORAM USADOS TREMENDAMENTE EM TODOS OS LADOS DO MUNDO, PARA APRESENTAR A SOCIEDADE UM ESTILO DE VIDA DIFERENTE, MAIS FELIZ E MAIS SEMELHANTE A JESUS CRISTO, SEM SANTIDADE É IMPOSSÍVEL AGRADAR A DEUS, MUITO MENOS VÊ-LO.


Confira a matéria:


Movimento de Santidade na Inglaterra
 Um movimento religioso com tanta influencia nos pregadores estadunidenses de avivamento inevitavelmente alcançaria a Inglaterra.

·      Os escritos de Charles G. Finney, Phoeber Palmer e William T.C. Upham, e William E. Boardman haviam circulado amplamente por ocasião da Guerra Civil.
·      Finney já havia feito duas viagens evangelísticas a Inglaterra.

 Os Palmers na Inglaterra
Depois que o despertamento se estendeu de além mar, os Palmers foram à Inglaterra e lá permaneceram por quatro anos pregando a Mensagem de Santidade. Durante estes quatro anos Deus os usou para mover o coração dos metodistas ingleses.

James Caugheysubstituiu os Palmers - Ao voltarem foram substituídos por James Caughey que por três anos e meio pregou em muitas cidades da Inglaterra e testificou ter o Senhor alcançado mais ou menos 10.000 pessoas em suas campanhas; os ingleses tornaram-se mais zelosos pela doutrina do que os norte-americanos.

Depois de Caughey chegaram na Inglaterra John Inskip e William Mc.Donald em 1881 e trabalharam juntos com o Comitê Geral da Igreja Primitiva Metodista e conta-se que muitos ministros wesleyanos professaram, em seus cultos, a inteira santificação.

Entre os Congregacionais: Os ministros Dougan Clark e Asa Manhan levaram a mensagem à Igreja dos Amigos e aos congregacionais .

Entre os Presbiterianos: William Boardman e R. Pearsall Smith foram os grandes responsáveis por este movimento entre os presbiterianos na Inglaterra. Nesta época aconteceu o que chamaram de Conferências de Verão. Seus participantes eram pastores e professores das Universidades.

Dentre estas conferências destacamos:

·      A Conferência de Cambridge cujos pregadores foram William e Smith.
·      A Conferência de Brighton na qual Pearsall pregou para 8000 pessoas.
·      A Conferencia de Oxford para a Promoção da Santidade cujo pregador principal foi o congregacional Asa Mahan. Ministros de toda a Europa participaram desta conferência (alemães, franceses) e esses testificavam que haviam sido santificados.


Movimento de Keswick
Estas conferências deram origem ao Movimento de Keswick o correspondente ao Movimento Rural Nacional dos Estados Unidos. Em 10 anos Keswick havia se tornado o maior centro de pregação da doutrina da Santidade. No entanto, havia uma ênfase diferente em suas pregações: Eles enfatizavam o pré-milenismo, a cura divina e os dons como evidência da vida de uma pessoa que havia sido batizada com o Espírito Santo. Para eles, a ação do Espírito Santo na hora da santificação era centralizada em dar poder (capacitação) e não para a limpeza da natureza pecaminosa.

O Exército da Salvação
 O Exército de Salvação foi um Movimento de Santidade que se iniciou na Inglaterra na década de 60. Logo depois de 1880 chegou aos EUA e lá ganhou muita força. Aliou à doutrina da Inteira Santificação a ênfase nos frutos que gerava o trabalho social.
 Fundador – Foi William Booth um metodista que depois de ser santificado tornou-se um evangelista de ruas e praças. Organizaram-se em 1878 em um sistema, como o do exército, razão do nome. Booth foi o primeiro General in chef , o líder do Movimento. Um outro nome influente deste grupo foi Samuel Longan Brengle.

 Conclusão: O Movimento de Santidade nasceu por causa desses grandes avivamentos da doutrina da Santificação. Prosperou por causa do empenho dos leigos e mulheres pregadoras usadas por Deus de forma poderosíssima e nova. Apesar de ser um movimento que se deu também no campo, se centralizou nas cidades. Seus grandes pregadores viviam nas cidades e no stress delas, fincavam-se as estacas das tendas em que realizavam as grandes campanhas e milhares de pessoas ouviam a mensagem de santidade. É interessante notar que com as mudanças sociais, especialmente o êxodo rural o cristianismo urbano passou por alguns conflitos. Apesar disto, o movimento cresceu e produziu algumas denominações Wesleyanas, dentre as quais, talvez a Igreja do Nazareno seja a maior. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Luto: "Biel voltou para casa, voltou para o céu!"

Testemunho de cura: MATHEUS PIVATO - 4 ANOS - O SUPERMAN!

Vídeo em homenagem ao meu cunhado Roberto