Liberdade no Espírito Santo...


ORA, O SENHOR É O ESPÍRITO; E, ONDE ESTÁ O ESPÍRITO DO SENHOR, AÍ HÁ LIBERDADE. (II CORÍNTIOS 3.17)

Olá queridos leitores, hoje tenho algo muito especial para compartilhar com vocês, alguns pensamentos, alguns sentimentos, mas acima de tudo uma experiência maravilhosa: a liberdade no Espírito Santo. Este é um tema extremamente amplo, complexo, as vezes polêmico e também cheio de interpretações, acredito que podemos falar tranquilamente daquilo que realmente vivemos.

Muitas pessoas sem saber acabam pecando contra o Espírito Santo, o Consolador, vindo da parte do Pai..."E EU ROGAREI AO PAI, ELE VOS DARÁ OUTRO CONSOLADOR, A FIM DE QUE ESTEJA PARA SEMPRE CONVOSCO". (JOÃO 14:16)

"DISSE-LHES, POIS, JESUS OUTRA VEZ: PAZ SEJA CONVOSCO! ASSIM COMO O PAI ME ENVIOU, EU TAMBÉM VOS ENVIO. E, HAVENDO DITO ISTO, SOPROU SOBRE ELES E DISSE-LHES: RECEBEI O ESPÍRITO SANTO". (JOÃO 20:21-22)

"POR ISSO, VOS DECLARO: TODO PECADO E BLASFÊMIA SERÃO PERDOADOS AOS HOMENS; MAS A BLASFÊMIA CONTRA O ESPÍRITO NÃO SERÁ PERDOADA. SE ALGUÉM PROFERIR ALGUMA PALAVRA CONTRA O FILHO DO HOMEM, SER-LHE-Á ISSO PERDOADO; MAS, SE ALGUÉM FALAR CONTRA O ESPÍRITO SANTO, NÃO LHE SERÁ ISSO PERDOADO, NEM NESTE MUNDO NEM NO PORVIR". (MATEUS 12:31-32) 



A liberdade em Cristo, no Espírito Santo, vai além do que podemos pensar, imaginar... Vivemos um tempo onde ser livre no Espírito virou escândalo pela banalidade feita acerca dos dons espirituais. Precisamos ser livres do pecado, do egocentrismo, da hipocrisia associada aos cultos de adorações onde muitas vezes homens é quem são adorados. Temos que ser livres do mal, livres da língua desgovernada (inflamada, cheia de veneno), livres da contenda, da falta de amor ao próximo, falta de unidade, humildade, compreensão. Decência e ordem sim... mornidão e frieza espiritual longe de nós tal coisa. Deus é maior do que regras e imune as durezas do coração humano. Sejamos livres na unção, no poder, na grandeza do Pai, sejamos como Ele é, Santo.

Atualmente nas igrejas deste século vemos dois extremos: 1º- Onde líderes, pastores, acham que o Espírito Santo é um cachorro adestrado, onde eles dizem: é assim que deve ser... esses líderes determinam, ordenam a hora que Deus tem que agir, obrigam seus fiéis no grito a desenvolverem naquele momento algum dom, seja línguas, sejam cambalhotas, controlam o momento que Deus deve curar ou não. Por favor leiam I Coríntios 12 e 14 completo, não só trechos.

2º - Onde líderes, pastores, colocam mordaças nos fiéis, algemas e acorrentam os pés, proíbem qualquer coisa que venha a ser sobrenatural ou fora das regras estabelecidas por eles mesmos ou pela denominação. Há um sufocamento, um atropelamento, uma campanha para calar a Deus ou para extinguir a existência do Espírito Santo, o tradicionalismo insuportável.

Nestes dois casos há algo em comum entre eles: homens sempre estabelecendo regras e passando por cima de Deus... longe de nós este mal.

Amigos não quero confundir a ninguém, de forma alguma, Jesus não habita no meio da confusão, devemos ter bom senso. O que quero dizer com toda essa matéria é que temos visto no mundo os sinais da vinda de Jesus, este é o tempo onde devemos lutar todos os dias pelo Evangelho, viver a Palavra de Deus...acima de tudo temos que ser livres de toda a prisão do diabo.... precisamos ter liberdade na presença do Pai, correr para os seus braços, se derramar, chorar, profetizar, falar em línguas sim, interpretar, edificar um ao outro, orar e ver milagres acontecerem, precisamos nos deixar ser usados pelo Senhor. A palavra de Deus diz que somos templo do Espírito Santo, Ele habita dentro de nós e Ele não pode ser limitado.

Quero deixar uma palavra para os nossos corações: Lutemos com todas as nossas forças, com todo o nosso amor pelo Evangelho, nos alimentemos diariamente da Palavra, ela é a fonte de vida e de salvação. Não nos conformemos com este século, com as coisas erradas que muitas vezes vemos, existem muitos católicos e evangélicos carentes da graça de Deus, da sua misericórdia, precisam converter de verdade seus corações ao Senhor Jesus e somente Nele existe salvação.

Quando temos uma vida de santidade, consagrada, entregue ao Senhor, que se alimenta, guarda seus ensinamentos, então a liberdade no Espírito Santo acontece naturalmente como uma brisa maravilhosa que toca o nosso rosto nos acariciando...que possamos viver essa liberdade nos nossos ministérios, nos nossos lares, nas igrejas, que flua do Espírito Santo de dentro de nós contagiando todos em volta. Que diante de tamanha glória não consigamos ficar de pé, sejamos envolvidos na glória do Pai, sejamos tomados por esse amor transformador....creia.....aonde o ESPÍRITO DO SENHOR ESTÁ AÍ HÁ LIBERDADE, SEJA LIVRE NO NOME DE JESUS!


No dia do Ano Novo, 1739, John e Charles Wesley, George Whitefield e mais quatro membros do Clube Santo fizeram uma festa de amor [santa ceia] em Londres. 'Cerca de três da manhã, enquanto estávamos orando, o poder de Deus caiu tremendamente sobre nós, a tal ponto que muitos gritaram de alegria e outros caíram ao chão (vencidos pelo poder de Deus). Tão logo nos recobramos um pouco dessa reverência e surpresa na presença da Sua majestade, começamos a cantar a uma voz: "Nós te louvamos, ó Deus; Te reconhecemos como Senhor"'. Este evento foi chamado de Pentecoste Metodista. - Wesley Duewel, O Fogo de Reavivamento 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Luto: "Biel voltou para casa, voltou para o céu!"

Vídeo em homenagem ao meu cunhado Roberto

Novo Logotipo da Igreja do Nazareno - entenda!