Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2015

Racismo, doença do desamor

Imagem
Foto: Internet
Sabemos que, infelizmente, muitos casos de racismo acontecem diariamente, e isso não é “de agora”. Mas um caso específico ganhou notoriedade nos últimos dias: as ofensas contra a jornalista Maria Júlia Coutinho, a Maju. Na véspera do Dia Nacional do Combate à Discriminação Racial (3 de julho), a profissional recebeu comentários racistas pela internet e disse, em rede nacional, que lida com a questão do preconceito desde sempre. É difícil acreditar que, ainda hoje, isso é um fato na sociedade; que, às vezes, o caráter e a integridade de uma pessoa são definidos pela cor de sua pele. Como escreveu Teorilang: “Quando se faz a fusão de um terço de racismo, com a mesma porção de discriminação e ainda somando-se a isso mais um terço de indiferença com o próximo, obtém-se a fórmula infalível do maior câncer sofrido pela humanidade”. Concordo com ele, pois atos racistas são a prova de que existem pessoas “doentes”, que precisam conhecer o amor de Deus e serem curadas. O racism…