Diário de Bordo - A saudade também estava lá!


Ainda sobre as minhas férias na Bahia, hoje quero falar brevemente da imensa saudade que senti do meu irmão Cristiano nos dias em que estive em Porto Seguro. Faltava algo, faltava meu irmãozão. Eu não sabia como seria retornar sem vê-lo pela primeira vez, confesso que foi muito estranho, aquele vazio, aquela falta, a impressão de que chegaria a qualquer momento ou que iria ligar no meu celular. A verdade é que a saudade também estava lá, presente em cada detalhe. Quando o carro em que estávamos chegou na cidade, meu coração se apertou muitíssimo e um filme passou em minha mente. Tentei ser forte e fui forte, até nos momentos em que querendo ou não tínhamos que passar tão próximo ao cemitério, lembranças vinham me visitar todo o tempo. Chorei quando não pude conter, como aconteceu ao entrar na casa em que vivia com minha querida cunhada/irmã Sandrinha.

Sei que esta saudade sempre irá me acompanhar, assim como o amor que sempre senti e sinto pelo meu irmão. Porto Seguro é cara de Dano, cada centímetro daquele chão, olhar as praias, o céu, as ruas, as cabanas, ouvir as músicas, é como nutrir vivo meu irmão em tudo aquilo, como se aproximar dele de alguma maneira.

"Ah meu irmãozão.. como eu te amo e amei, quanta saudade!"

Sei que nas minhas férias sempre faltará Cris.. e na foto acima foi um momento em que prestei minha homenagem a ele, dedicando aquele momento pra nós dois. Estávamos na Cabana de Geraldo Seresteiro em Santa Cruz de Cabrália, um lugar que ele gostava muito de ir e próximo a sua casa. 

Dano Saudade sem fim meu irmão!



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Luto: "Biel voltou para casa, voltou para o céu!"

Novo Logotipo da Igreja do Nazareno - entenda!

Vídeo em homenagem ao meu cunhado Roberto