Familiares de criança morta após ser espancada em assalto fazem protesto





Manifestação foi feita nesta terça-feira (26), em Teixeira de Freitas, na Bahia.
Vítima tinha 8 anos e estava com o pai ao ser abordada em assalto.


Familiares e amigos de Felipe Gomes Lisboa, de 8 anos, morto durante um assalto no sul da Bahia, realizam um protesto na tarde desta terça-feira (26), em Teixeira de Freitas, também no sul do estado.

Os manifestantes pediram justiça pela morte da criança. O grupo levou bexigas brancas para simbolizar a paz e circularam com cartazes com pedidos de redução da maior idade penal.
O pai da criança, que estava com ele no dia do assalto, também foi vítima da agressão e na caminhada foi possível observar que ainda há hematomas no rosto dele. Ele participou do ato ao lado da esposa e mãe de Felipe.
A caminhada começou em frente a Igreja Batista Central e passou pelas principais ruas da cidade com destino ao Fórum Municipal. Agentes de trânsito do município acompanharam o protesto.
Caso
Uma criança de oito anos morreu após ter sido espancada por dois adolescentes durante um assalto em uma estrada que dá acesso à localidade de Volta Miúda, distrito do município de Caravelas, região sul da Bahia, na sexta-feira (22).

A vítima estava na companhia do pai, de 49 anos, a bordo de uma motocicleta, quando ambos foram surpreendidos. Os assaltantes, de 15 e 16 anos, fugiram com a moto e documentos do pai da criança, mas foram localizados pela polícia na madrugada de sábado (23).
Segundo informações da delegacia da cidade, pai e filho foram socorridos por um homem que passava de carro pelo local. As vítimas foram encaminhadas para o Hospital Municipal de Teixeira de Freitas, mas a criança não resistiu aos ferimentos.
Um dos adolescentes envolvidos no crime disse à polícia, em depoimento, que foi o comparsa quem o incentivou a matar a criança. A informação é da delegada Rosângela Santos, que investiga o caso. O mesmo adolescente, de 15 anos, confessou em depoimento, ter matado um idoso após roubá-lo há três meses no distrito de Caravelas, também no sul do estado.
Conforme Rosângela Santos, os adolescentes disseram envolvidos no crime resolveram matar as vítimas para que elas não os reconhecesse na delegacia.
Inicialmente, os jovens tinham dito à polícia que não sabiam que uma das vítimas se tratava de uma criança. De acordo com a delegada, o pai do garoto recebeu alta do hospital no sábado (23), mas ainda não foi ouvido por não ter condições psicológicas para falar sobre o caso.
Os dois adolescentes relataram à delegada, que costumam roubar moto e "trabalham" para um homem do Posto da Mata, distrito da cidade de Nova Viçosa, também no sul da Bahia. Rosângela disse que suspeito de recrutar os adolescentes para roubar motos está sendo procurado pela polícia.
A delegada informou que pediu a internação dos dois jovens, que foram apresentados ao Ministério Público da Bahia (MP-BA) na segunda-feira (25). Eles estão na delegacia de Teixeira de Freitas, em uma sala especial para custódia de menores.
FONTE: G1

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Luto: "Biel voltou para casa, voltou para o céu!"

LUTO: Neuza Garcia... Jesus vive! Você também vive!

Testemunho de cura: MATHEUS PIVATO - 4 ANOS - O SUPERMAN!