Padre Jacques Hamel tinha 84 anos (Foto: Reprodução)

Dois militantes do Estado Islâmico degolaram um padre com uma faca e feriram um fiel em uma igreja na Alta Normandia, no norte da França, nesta terça-feira (26). Os islâmicos foram mortos pela polícia. O presidente francês, François Hollande, disse que o ataque foi cometido por terroristas leais ao grupo radical Estado Islâmico.

“O Estado Islâmico declarou guerra contra nós, precisamos lutar esta guerra de todas as maneiras, enquanto respeitamos o estado de direito, que nos torna uma democracia”, disse o presidente da França à agência de notícias Reuters.
Cinco pessoas estavam na igreja de Saint-Etienne-du-Rouvray quando os terroristas entraram no templo. Três foram libertadas sem nenhum dano físico e uma quarta, um fiel da igreja, estava entre “a vida e a morte”, comunicou Pierre Henry Brandet, porta-voz do ministério do Interior. O padre Jacques Hamel, de 84 anos, teve a garganta cortada pelos terroristas.
“Em certo ponto, os dois agressores saíram da igreja e foi aí que foram mortos por forças especiais da polícia francesa”, disse Brandet à rádio France Info.
O ataque à igreja aconteceu 12 dias após o atentado em Nice, no sul da França, quando um tunisiano atropelou uma multidão com um caminhão, matando 84 pessoas. O Estado Islâmico reivindicou o ataque.
Em comunicado, o papa Francisco expressou “dor e horror” pelo ataque à igreja na França. “Estamos particularmente abalados por esta violência horrível ocorrida em uma igreja, um lugar sagrado no qual se anuncia o amor de Deus”, disse o comunicado do Vaticano.
____
Com informações da Reuters


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Luto: "Biel voltou para casa, voltou para o céu!"

LUTO: Neuza Garcia... Jesus vive! Você também vive!

Testemunho de cura: MATHEUS PIVATO - 4 ANOS - O SUPERMAN!