Série: A crise da Igreja do século XXI - parte 2

Imagem: Internet

8 Ao anjo da igreja em Esmirna escreve: Estas coisas diz o primeiro e o último, que esteve morto e tornou a viver:
9 Conheço a tua tribulação, a tua pobreza (mas tu és rico) e a blasfêmia dos que a si mesmos se declaram judeus e não são, sendo, antes, sinagoga de Satanás.
10 Não temas as coisas que tens de sofrer. Eis que o diabo está para lançar em prisão alguns dentre vós, para serdes postos à prova, e tereis tribulação de dez dias. Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida.
11 Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: O vencedor de nenhum modo sofrerá dano da segunda morte. (Apocalipse 2:8-11)


Hoje quero dar sequência a nossa série A CRISE DA IGREJA DO SÉCULO XXI e para isso precisamos nos atentar ao que Jesus revelou a João, primeiro o Senhor dirigiu-se a igreja estabelecida em Éfeso e seguiu referindo-se a Esmirna. Mais uma vez Jesus se dirigiu àquela igreja falando que a conhecia, observem o versículo acima: ...conheço a tua tribulação, a tua pobreza (mas tu és rico) e continua... e a blasfêmia dos que a si mesmos se declaram judeus e não são, sendo antes, sinagoga de Satanás. Era exatamente neste ponto que queria chegar, o quanto o Senhor nos conhece por dentro e por fora. Enquanto a Igreja de Éfeso já sofria com o abandono do primeiro do amor, Esmirna tinha que lidar com falsos judeus no seu meio, ou seja, homens mentirosos, enganadores.

A Igreja atual não é diferente da primitiva, é preciso muita maturidade, amadurecimento espiritual para poder lidar com os lobos em peles de cordeiros, o joio no meio do trigo, pois eles estão em toda parte e as próprias Escrituras nos alertam quanto a isso. A Palavra de Deus diz que nem todo aquele que diz: Senhor, Senhor entrará no Reino dos Céus, mas aquele que faz a vontade de Deus (Mateus 7:21). Lidar com situações como estas dentro da igreja não é nada fácil e causa tristeza aos irmãos de fé, tribulação, pois somos chamados a sermos santos como Cristo é Santo, a imitá-lo, seguir os seus passos. Pelas palavras de Jesus vemos que aquela igreja era uma igreja pobre talvez em recursos, mas rica em Cristo, creio eu que ali estavam homens, mulheres, crianças, pessoas alcançadas, transformadas, pelo mensagem do Evangelho. Jesus encoraja aquelas pessoas e é o que Ele espera de nós, que sejamos fiéis até à morte, diante disso ainda temos a promessa da coroa da vida. É impressionante como a Palavra de Deus não muda, é a mesma, imutável, no passado falsos judeus no meio da igreja de Cristo, no presente falsos cristãos no meio da igreja moderna, para vencer esta situação que causa crise na igreja é preciso muita sabedoria, oração, somente Deus pode convencer o pecador do seu pecado, não nos cabe julgar ou apontar o dedo, causar mais problemas ainda, o verdadeiro cristão age como Cristo, pensa em como Ele agiria. Ai daqueles por meio de quem vem os escândalos.

Pense nisso.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Luto: "Biel voltou para casa, voltou para o céu!"

Testemunho de cura: MATHEUS PIVATO - 4 ANOS - O SUPERMAN!

Vídeo em homenagem ao meu cunhado Roberto