Série: A crise da Igreja do século XXI - parte 4

Foto: Pixabay

18 Ao anjo da igreja em Tiatira escreve: Estas coisas diz o Filho de Deus, que tem os olhos como chama de fogo e os pés semelhantes ao bronze polido:
19 Conheço as tuas obras, o teu amor, a tua fé, o teu serviço, a tua perseverança e as tuas últimas obras, mais numerosas do que as primeiras.
20 Tenho, porém, contra ti o tolerares que essa mulher, Jezabel, que a si mesma se declara profetisa, não somente ensine, mas ainda seduza os meus servos a praticarem a prostituição e a comerem coisas sacrificadas aos ídolos.
21 Dei-lhe tempo para que se arrependesse; ela, todavia, não quer arrepender-se da sua prostituição.
22 Eis que a prostro de cama, bem como em grande tribulação os que com ela adulteram, caso não se arrependam das obras que ela incita.
23 Matarei os seus filhos, e todas as igrejas conhecerão que eu sou aquele que sonda mentes e corações, e vos darei a cada um segundo as vossas obras.
24 Digo, todavia, a vós outros, os demais de Tiatira, a tantos quantos não têm essa doutrina e que não conheceram, como eles dizem, as coisas profundas de Satanás: Outra carga não jogarei sobre vós;
25 tão-somente conservai o que tendes, até que eu venha.
26 Ao vencedor, que guardar até ao fim as minhas obras, eu lhe darei autoridade sobre as nações,
27 e com cetro de ferro as regerá e as reduzirá a pedaços como se fossem objetos de barro;
28 assim como também eu recebi de meu Pai, dar-lhe-ei ainda a estrela da manhã.
29 Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas. (Apocalipse 2:18-29)

Dando continuidade a nossa série, hoje chegamos a parte 4. Sempre antes de escrever procuro ler várias vezes a passagem a qual quero desenvolver, dentro do meu coração peço a Deus que me dê entendimento, pois nós mesmos nada temos a oferecer, mas a Palavra de Deus que é imutável e que jamais passará, revela a cada um a verdade, o caminho que precisamos seguir. E diante disso, o entendimento que tive desta passagem é que a igreja do nosso século atual, muitas vezes acaba se tornando permissiva, ou se omite diante de algo muito grave: a prostituição. E na carta direcionada à igreja de Tiatira podemos observar isso. Mais uma vez vemos Jesus dizendo que conhecia aquela igreja, conhecia aquele povo, o anjo, o líder, o pastor que a conduzia e as obras daquela igreja. Ao mesmo tempo que havia virtudes, haviam coisas reprováveis, será que nos nossos dias são assim? Tolerar a mulher Jezabel, significa compactuar, ser cúmplice do pecado no meio da igreja, nada fazer para mudar aquela situação. Quando nos referimos a prostituição, não estamos falando apenas daquelas pessoas que vendem os seus corpos, que cobram por sexo, estamos falando de toda a forma de perversão sexual, acredito que o maior inimigo, a maior luta contra essa prostituição acontece em nossas mentes, dentro de nós existe uma guerra. É um olhar, um instante, um pensamento, a prostituição hoje já não se preocupa em se esconder, ou está explicito, ou nas entrelinhas, no oculto. Uma foto, um vídeo, uma imagem, um som, um clic, num abrir e fechar. No adultério, na pornografia, a prostituição tem muitos meios e muitas formas de se manifestar e isto desde sempre lança homens, mulheres, adolescentes, jovens, numa verdadeira prisão. Somente o agir transformador de Deus na vida do homem para libertar-nos de tantas coisas terríveis, das ciladas colocadas pelo diabo para destruir a todos.

Dentro da igreja de Tiatira haviam pessoas que se prostituíam e também sacrificavam a ídolos. Ainda hoje existem pessoas se prostituindo dentro das igrejas, sujando o lugar santo, profanando o nome do Senhor e de toda maneira sacrificando a ídolos estranhos que não são deuses, não há como servir a dois senhores diz a Palavra. A igreja é como um grande hospital que a todo momento chegam doentes precisando ser curados.

Deus nos ajude e tenha misericórdia da igreja do nosso tempo, do nosso século, de nós.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Luto: "Biel voltou para casa, voltou para o céu!"

Novo Logotipo da Igreja do Nazareno - entenda!

Vídeo em homenagem ao meu cunhado Roberto