Os dias sem minha Lulu

Hoje eu quero falar um pouco dos dias difíceis que temos passado, quando falo "temos", é porque eu e minha família estamos vivenciando dias de muita tristeza e não poderia ser diferente. Queria vir aqui ao blog e poder compartilhar com vocês mais uma mensagem de esperança, de vida, de fé, mas estaria ignorando meus sentimentos e isso não quer dizer que meu coração não esteja em Jesus. Acredito que cada um tenha sua história pra contar e a minha é esta. Faltam palavras, falta o que dizer, mas todos já sabem. Não quero que ninguém se constranja com a minha a dor, com o meu luto, com o que temos passado. No dia 30 de janeiro fomos pegos de surpresa com o trágico acidente que vitimou minha irmã Luciana, minha Lulu e de lá pra cá temos sido obrigados a caminhar sem ela, tendo de reaprender a viver, em todos os sentidos, sem a alegria, o sorriso, ou a doce voz da nossa pretinha amada. Em dezembro fez 2 anos que perdemos Cris e quando a ferida começava a cicatrizar, abriu-se outra, que tem sido difícil curar, estancar, aliviar. A dor dobrou de tamanho e somente Deus, o Espírito Santo de Deus, pode ter misericórdia de nós. Eu não tenho muito o que dizer, não consigo descrever tudo o que sinto, elaborar belos textos, com belas palavras, pois ainda não consigo acreditar que minha irmã se foi, é como se não tivesse mesmo ido e a sinto o tempo todo perto de mim. Um amor, uma união, um elo tão forte e criado pelo próprio Deus, não se perde assim tão fácil. Eu e meus irmãos sempre dissemos um ao outro o que sentimos, falávamos do nosso amor. Minha Lulu fez 40 anos também em janeiro, um mês que tinha de tudo pra ser um mês feliz e alegre, mas era uma menina, por dentro e por fora. Uma mulher apaixonada pela vida, alguém que amou viver e que tinha muitos sonhos. Contagiava-nos com seu bom humor, sempre sincera, verdadeira, sensível, forte e frágil ao mesmo tempo. Mulher de personalidade, a nossa conselheira, nossa base, a amiga de todas as horas, a aventureira, pés no chão. Tudo em Lulu se equilibrava. Conquistou muitas coisas, realizou sonhos, com sua determinação, com sua força e coragem, seus méritos, ela tentava passar isso pra todo mundo, nunca desistir. Não gostava de tristeza, de baixo astral e nem negatividade. Eu poderia ficar horas e horas falando da minha irmã... suas infinitas qualidades... seus bons gostos... seu cuidado com a família.. seus critérios com amizades.. mas me perco na saudade. Eu sinto falta de tudo, absolutamente tudo. Seus carinhos, seus dengos comigo, seus mimos, afinal, eu era o seu caçulinha. Hoje estamos dentro de um vazio, de uma sensação assustadora. Gostaria muito que tudo não passasse de uma brincadeira, de uma mentira, queria minha irmã de volta mas não é possível. Mas eu preciso olhar para o que me dá esperança, Jesus. Preciso olhar meu filho, minha esposa e seguir em frente, acreditando que tudo vai passar e que a dor irá amenizar, tenho motivos pra seguir. O passar dos dias, porém, tem aumentado a saudade e a dor insiste em querer ficar... através dessa postagem eu quero aqui agradecer a todos que oraram e ainda oram por mim, por minha família. Agradecer por cada mensagem e gesto de carinho que recebemos naquele dia terrível, o apoio dos amigos, da família, faz toda a diferença.
Continuem orando por nós.
Eu sei que minha Lulu está no céu, que já encontrou com Dano e com nossos amados que partiram para o Senhor, sei que não é o fim, é um breve adeus ou um até logo. Enquanto eu viver te amarei minha irmã... te amarei meu irmão... e assim será além daqui, porque eu sei que O CÉU É REAL! Ainda nos encontraremos de novo diante do Senhor e seremos felizes novamente.

Te amo irmã... Minha pretinha.. pra sempre!


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

LUTO: Neuza Garcia... Jesus vive! Você também vive!

Testemunho de cura: MATHEUS PIVATO - 4 ANOS - O SUPERMAN!

Corrente de Oração: Ycaro Gabriel - guerreiro lindo!