Série: A crise da Igreja do século XXI - ÚLTIMA PARTE

Foto: Pixabay

14 Ao anjo da igreja em Laodicéia escreva: Estas são as palavras do Amém, a testemunha fiel e verdadeira, o soberano da criação de Deus.
15 Conheço as suas obras, sei que você não é frio nem quente. Melhor seria que você fosse frio ou quente!
16 Assim, porque você é morno, não é frio nem quente, estou a ponto de vomitá-lo da minha boca.
17 Você diz: “Estou rico, adquiri riquezas e não preciso de nada”. Não reconhece, porém, que é miserável, digno de compaixão, pobre, cego, e que está nu.
18 Dou-lhe este conselho: Compre de mim ouro refinado no fogo, e você se tornará rico; compre roupas brancas e vista-se para cobrir a sua vergonhosa nudez; e compre colírio para ungir os seus olhos e poder enxergar.
19 Repreendo e disciplino aqueles que eu amo. Por isso, seja diligente e arrependa-se.
20 Eis que estou à porta e bato. Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei e cearei com ele, e ele comigo.
21 Ao vencedor darei o direito de sentar-se comigo em meu trono, assim como eu também venci e sentei-me com meu Pai em seu trono.
22 Aquele que tem ouvidos ouça o que o Espírito diz às igrejas. (Apocalipse 3:14-22)

Hoje chegamos ao fim da nossa série especial A CRISE DA IGREJA DO SÉCULO XXI. Iniciei estas série de postagens em dezembro do ano passado, foram 7 postagens referentes às 7 cartas direcionadas às 7 igrejas mencionadas no livro de Apocalipse.

O Deus que conhece-nos por inteiros também conhecia as obras da igreja de Laodicéia e inicia a carta de forma dura aos nossos olhos, chamando a atenção, convidando aquela igreja a arrepender-se de verdade. Laodicéia havia se tornado uma igreja morna, que nem era fria e nem quente, ela confiava em si própria, era uma igreja que se julgava rica, abastecida, que talvez não tivesse necessidade de nada, engano! Era uma igreja carente que não se dava conta da sua própria necessidade, o Senhor já estava a ponto de vomitá-la. 

Muitas igrejas hoje em dia estão tomadas pela frieza, ou então se acomodaram em estar mornas o que é próximo do frio. Há uma necessidade muito grande de ARREPENDIMENTO, essa é uma palavra necessária CONSTANTEMENTE. E se arrepender é lutar com todas as forças para não voltar a velhas práticas, um passo muito importante para estarmos no centro da vontade de Deus, caminhando com Jesus. A advertência feita por Jesus a esta igreja, também é uma demonstração de amor, ele disciplina a quem ama. Depois de meditarmos e pensarmos em tudo isso, refletir o quão perigoso é estar longe do que realmente Deus quer/espera de nós, vemos que há muito mais da parte deste Deus para nossas vidas, promessas que não mudaram e permanecem vivas, vão muito além do que possamos imaginar.

Longe de nós toda frieza e mornidão espiritual. O Senhor está a porta batendo, pedindo para entrar em nossas vidas, nas nossas casas, em nossas famílias, precisamos aquietar o nosso coração e ouvi-lo, permitindo-o entrar para cearmos juntos, Ele deseja isso. Jesus se preocupa com a nossa salvação. 

Agradeço a Deus por de forma simples ter ministrado ao meu coração em cada leitura que fiz destes versículos bíblicos, foram momentos preciosos que me abençoaram muito e espero que tenham abençoado a sua vida também.

Sejamos aquecidos pelo fogo que vem do Espírito Santo, não apaguemos o Espírito em nossas vidas.

Um dia não haverá mais crise na igreja, não haverá mais exortações a serem feitas, não haverão placas, denominações, seremos um só povo e uma só voz, o grande Dia irá chegar e esta mais perto do que pensamos. Todo joelho se dobrará e toda língua confessará que Jesus Cristo é o Senhor.

Deus te abençoe.

Diego Pinto.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Luto: "Biel voltou para casa, voltou para o céu!"

Testemunho de cura: MATHEUS PIVATO - 4 ANOS - O SUPERMAN!

Vídeo em homenagem ao meu cunhado Roberto