Série: Grandes Amigos - mês de agosto 2017

Hoje é dia de série Grandes Amigos aqui no blog e quero poder homenagear uma grande amiga, que tive também o privilégio de ser vizinho, estou falando de Mara Luciele. 

Quando falo de Mara já me vem aquele desejo terrível de dar risadas, pois esta menina sempre teve o poder de contagiar a todos com uma gargalhada escrachada, alta, inconfundível e impossível de se conter (é que na foto ao lado está séria risos). Conheci minha querida amiga se não me falha a memória entre 1995 a 1996, acho que estou ficando velho. Ela e sua família chegaram a Rua Primeiro de Maio ou Simpliciano José dos Santos, no centro da pequena Coaraci para nos trazer ainda mais alegrias. Uma família abençoada e acima de tudo servos de Deus. Além de vizinhos fomos também colegas de escola na extinta Ciranda Cirandinha que fica na mesma rua da nossa casa, já não me recordo se éramos da mesma sala, acho que não, então suponho que ficávamos em turmas separadas. Algumas vezes Mara me relatou que eu era muito malvado, batia, etc.. mas não quero me lembrar disso. Quero recordar os tantos momentos em que rimos de coisas simples, engraçadas, das correrias pelas ruas perturbando os vizinhos, era muita gritaria terrível, mas nossos pais tentavam controlar. Me recordo dos aniversários em sua casa e mais tarde a chegada do terceiro irmão (já tinha Julie e depois veio Samuel), eu falava tão mal de São Paulo e hoje moramos onde? rs Mas acredito que a fase de jovens adultos é de certa forma mais especial, por poder falar numa outra linguagem, não mais como crianças. Vejo em minha amiga uma moça comprometida com a obra de Deus, com um coração sensível a Jesus, tudo o que seus pais plantaram em seu coração floresceram e se tornou uma mulher integra, que faz amizades por onde passa, ainda contagiando com sua alegria, acho que esse foi o dom que Deus a deu, de chegar próximo das pessoas com seu jeito alegre, risonho. Faz muitos anos que não nos vemos, mas a tecnologia hoje ajuda um pouco ou muito, tudo isso é o que sinto de verdade, orgulho por poder chama-la de amiga.

Mara que Deus continue conduzindo sua vida de forma linda e te dando muitas felicidades, que o Senhor te abençoe, abençoe seus sonhos, cada passo dado, saiba que é uma amiga especial que faz parte da minha história e não poderia deixar de contar um pouquinho disso.

Olha quem estava ao lado do bolo olhando para  ele... rs

Grande abraço do seu sempre amigo.

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Luto: "Biel voltou para casa, voltou para o céu!"

Testemunho de cura: MATHEUS PIVATO - 4 ANOS - O SUPERMAN!

Vídeo em homenagem ao meu cunhado Roberto